Pato Nerd 03: Assistindo a Kingsman: Serviço Secreto.

A conduta faz o homem.

Fui ao cinema para ver um filme que me recomendaram, somente como um passatempo. Não fui com expectativas, apenas queria me divertir e postar algo sobre ele depois.

Nunca me surpreendi tanto com um filme…

 Até a espionagem foi privatizada…

 

Faz muito tempo que não saía tão empolgado do cinema. Tipo dando pulos de empolgação e Shoryukens no ar (mesmo não tendo mãos).

Kingsman é adaptação de uma série de quadrinhos de mesmo nome criada por Dave Gibbons e Mark Millar que homenageia e ao mesmo tempo satiriza os filmes de espião.

Ele trata sobre uma organização privada de agentes secretos ingleses, mostrando  missões e o recrutamento de novos agentes.

Kingsman – Aristocratas também sabem usar os punhos.

 

A ação do filme dirigido por Matthew Vaughn (Diretor de Kick-Ass e X-men: Primeira Classe) é incrivelmente empolgante.  Quem viu o trailer da cena do guarda chuva e acha que aquilo é uma cena de ação legal, já aviso que nem sequer é perto de ser a melhor que Kingman nos mostra.

Nunca imaginei que veria Colin Firth (Diário de Briget Jones e Discurso do Rei), bater tanto e tão bem.

Atitude de um lorde e punhos de um bárbaro.

Comédia disfarçada de ação.

 

O filme sabe a hora certa de fazer uma piada. Perdi a conta das vezes de quando fui surpreendido por algo que me fez rir, tenho até medo de comentar algo e tirar a graça de certas situações. É o tipo de coisa que você tem que ver para entender.

Entre um soco e um riso, Kingsman homenageia os clássicos de espião, através de diversos easter eggs espalhados pelo filme.

Tudo sem perder a classe de um gentleman cheio de apetrechos

Recomendo que você pare tudo o que você está fazendo agora e compre ingresso para aquele que pode ser o melhor filme de ação de 2015 (sim, Vingadores 2, estou falando com você).

Até a próxima!

Quééé

Compartilhar agrega valor...Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone